1 de out de 2015

Poemografia

Sonho-te
Logo, existes.

Poema anônimo postado no Facebook.

Nenhum comentário: