29 de out de 2011

pandeiro e o relicário

eu ando dentro dos seus passos
sou uma sombra que sente dor
a sobra da tua luz
o laço que o sol não desatou

ando perdido em palavras
e você não me achou
fui na feira comprar fato
achei teu casco coro de rato
um pandeiro desafinado
e o chato de um animador

Beto Mattos

Nenhum comentário: